ECOPOINT PARQUE - Proposta Eco-educativa | Programa de Visitação Escolar | Guia de Conteúdos Programaticos | Atitude do Monitor/Instrutor

O ECOPOINT está longe de ser apenas mais um parque temático. É uma proposta educativa consolidada com base em projetos cuidadosamente elaborados e desenvolvidos por ambientalistas e apaixonados pela natureza. No ECOPOINT, o respeito e o carinho pela natureza e o espírito de preservação estão presentes em todos os detalhes.

O ECOPOINT tem diversos recursos naturais e uma estrutura planejada de lazer eeducação ambiental destinada às mais variadas atividades ligadas à natureza, onde crianças, adultos e quaisquer instituições de ensino e/ou ambientais são orientadas na prática do respeito e preservação do meio ambiente.

Todos esses aspectos fazem do ECOPOINT um elo interessante, inédito e original entre a sociedade e a natureza, inovando o conceito de conscientização da realidade do nosso meio ambiente.<voltar ao topo>

Visitação Escolar Parque Ambiental e Zoológico

1. O que é o ECOPOINT?

O Instituto HomemTerra (ABA-YBY) (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, de acordo com a Lei nº 9.790, de 23 de março de 1999 ) através do Parque Ambiental e Zoológico ECOPOINT, desenvolve atividades que objetivam a Educação, Pesquisa, Conservação e Lazer, tendo sempre como objeto de estudo o meio ambiente, no sentido de sensibilizar a comunidade, proporcionando a aquisição de conhecimentos, habilidades e uma atitude crítica no que diz respeito às relações entre o homem e a natureza. 
Aberto principalmente às Instituições de pesquisa, ensino (formal ou não-formal) e/ou ambientais, o ECOPOINT é, sem dúvida, um elo interessante, inédito e original entre a sociedade e a natureza, consolidando, com toda segurança necessária, o conceito da prática em Educação Ambiental.

2. Nossos Monitores

Com o objetivo de proporcionar à escola uma Aula em Campo com qualidade à altura da mesma, o Instituto ABA-YBY/ECOPOINT prima pela seleção de seus monitores, escolhendo-os dentre profissionais e estudantes das áreas de Biologia, Veterinária, e Pedagogia, sendo anteriormente treinados e engajados na proposta pedagógica do Instituto, visando o melhor aproveitamento possível durante a visita. Tendo ciência de que o que se vivencia não se esquece, nossos monitores, durante o passeio, procuram despertar a curiosidade das crianças e associá-las ao exemplo de natureza verde que estão conhecendo. Dessa forma, a aprendizagem é feita descontraída e divertidamente.

3. O Funcionamento (fazer reserva antecipadamente)

• Visitas Escolares: segunda à sexta-feira, das 08 às 17 horas.
• Eventos (vivências, treinamentos, confraternizações e buffet etc.): sábados e domingos, das 10 às 17 horas.

4. Programação (pode variar dependendo da discussão anterior com a Escola para saber dos objetivos e/ou conteúdos esperados da mesma)

4.1. Meio Período (Manhã, das 08 às 11h e 30min ou Tarde, das 13h e 30min às 17h)

- Programação Geral

• Recepção (acolhida) das Escolas e informação das regras de segurança no Parque ECOPOINT;
• Divisão de Turmas;
• Visita monitorada ao Zoológico;
• Visita monitorada ao Espaço de vivência Rural (Fazendinha);
• Passeio a cavalo;
• Recreação (Piscina infantil, atividades recreativas, playground e atividades esportivas);
• Lanche (01)

Obs: A cada 10 crianças o professor ganha uma cortesia. Os adultos que excederem a cortesia pagam também o mesmo valor.


4.2. Período Integral (Manhã e tarde, das 08 às 16 horas)

- Programação Geral

• Recepção (acolhida) das Escolas e informação das regras de segurança no Parque ECOPOINT;
• Divisão de Turmas;
• Visita monitorada ao Zoológico;
• Visita monitorada ao Espaço de vivência Rural (Fazendinha);
• Visita ao horto, minhocário e à Aldeia Aba-Yby (simulação de uma ocara indígena);
• Passeio a cavalo;
• Recreação (Piscina infantil, atividades recreativas, playground e atividades esportivas);
• Lanche (02) e almoço.

Obs: A cada 10 crianças o professor ganha uma cortesia. Os adultos que excederem a cortesia pagam também o mesmo valor.


Considerações:

- O roteiro das visitas escolares com finalidade de aula em campo poderão ser adaptadas às necessidades do Programa, do conteúdo, ou propostas de culminância da escola, desde que acordado no momento da reserva ou com, no mínimo, uma semana de antecedência. Por exemplo: quando os alunos estiverem estudando Botânica, escolhemos um dos monitores que programe uma aula mais específica e duradoura no Horto ao invés de demorar mais no Zôo ou vice-versa. Podemos inclusive, em alguns casos, em que o objetivo for conhecer o funcionamento do Zôo (geralmente possível em casos de escolha do período integral), inclusive os "bastidores", desenvolver um roteiro com breves palestras de apresentação sobre a importância de diversos aspectos da existência de um centro conservacionista; 
- Da mesma forma, quando o objetivo da visita for meramente o lazer, podemos deixar o roteiro mais flexível e/ou abrir espaços de recreação;
- Enfim, as visitas ao ECOPOINT podem variar de roteiro e programação de acordo com a necessidade da Escola, do nível da série que visita, do objetivo da visitação etc., desde que acertado anteriormente com a coordenação da Escola antecipadamente;
- As alterações no Programa da visita quando acrescidas em material ou em recursos podem acarretar em ônus para a Escola, por isso, solicitamos que a reserva e o contato sejam feitos anteriormente para ser bem esclarecidos os detalhes do evento;

IMPORTANTE!
Quando a Escola não conseguir atingir o número de alunos informado em contato com a Secretaria do Centro de Educação Ambiental do Parque ECOPOINT, e tiver realmente que cancelar a visita, a Escola deverá fazê-lo o mais breve possível, liberando a sua data anterior (evitando o prejuízo do Parque) e se obrigando a marcar uma nova data durante o ano corrente.

Os valores do investimento e outros detalhes podem ser informados através do Fone/Fax:3290.3339

<voltar ao topo>

O INSTITUTO ABA -YBY, através do trabalho em desenvolvimento com o Parque ECOPOINT, visa superar a visão fragmentada do mundo despertando o aluno para uma ótica global, que permita perceber as relações entre os homens e demais seres vivos e não-vivos existentes no ambiente.
O Conteúdo Programático, de acordo com a necessidade da escola previamente expressa na solicitação da visita, poderá encontrar sintonia com as datas comemorativas indicadas em nosso ECOLENDÁRIO.
Temas que poderão ser socializados com aluno em caráter intra-disciplinar e contextualizadamente:

• Instituto HomemTerra (ABA-YBY)/Parque ECOPOINT

1. O que é uma OSCIP; Qual a Missão e Objetivos do Instituto ABAIBY (formação e histórico); 
2. O que é o Parque ECOPOINT (Filosofia, histórico, Mascote, constituição).

• A Educação Ambiental

1. Conceito
2. Histórico;
3.Características(dinâmica, integrativa, transformadora, participativa, abrangente, globalizadora, permanente, contextualizadora);
4. Objetivos;
5.Aspectos Pedagógicos (EA Conservacionista, Biológica, Comemorativa, Política e Crítica para Sociedades Sustentáveis) – conteúdos e métodos com enfoque construtivista;
6. A relação com a cidadania, Cultura e Valores;
7. Educação Ambiental Formal e Não-Formal;
8. Os PCN’s – A Transversalidade e a Interdisciplinaridade;
9. Agenda 21, A Carta da Terra, As Recomendações da Conferência de Tbilisi/CEI, a Legislação (Capítulo VI – Meio Ambiente, Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999, a Política Nacional de Educação Ambiental, as Leis da Natureza, as Leis de Crimes Ambientais etc.)
10. Exemplos de projetos e referências – bibliográficas e de Internet - para pesquisas e Estratégias de Ação;
11. O Material Didático-Pedagógico do ECOPOINT (Cartilha em Quadrinhos “Um Dia no ECOPOINT”, o jogo temático de perguntas e respostas sobre curiosidades do meio ambiente “A Trilha da Natureza – O Desafio do ECOPOINT” e a Revistinha de Atividades “Brincando no ECOPOINT”

• Cidadania

1. Conceito 
2. Os valores, a atitude, as habilidades e competências – A Consciência Ecológica ou Ambiental;
3. O Desafio da Vida em Comunidade – O respeito às diferenças;
4. A Constituição e as leis;
5. A Educação Ambiental como ensino para cidadania;
6. Os Direitos Humanos e das Crianças;
7. A Biofilia;

• Meio Ambiente

1. Conceito (diferença entre meio ambiente Ecologia);
2. A Terra (aspecto geral: a Atmosfera, a Hidrosfera, a Litosfera e a Biosfera, o conceito de biodiversidade)
3. Organização da Natureza (organismo, população, comunidade, ecossistema);
4. Os Recursos Naturais Renováveis e Não-Renováveis;
1. Uso Racional dos Recursos Naturais;
2. A História do Nascimento do Mundo e dos seres Vivos (o “Big-Bang”, as primeiras espécies de vida, os Períodos Jurássicos, Cambriano, Neolítico (surgimento da agricultura) etc., os Fósseis e a Paleontologia (noções de Teoria Darwinista, Seleção Natural e o destino dos Dinossauros como abertura para reflexão sobre as mudanças climáticas no mundo, os desastres ecológicos e a extinção das espécies (sensibilização), os tesouros das antigas Civilizações (arqueologia) etc.
7. A Poluição (conceito e formas);
7.1.Poluição da Água (atividades industrial, agrícola e de esgotos domésticos; como evitar a poluição da água);
7.2.Poluição do Ar (como evitar a poluição do ar);
7.3.Poluição do Solo (como evitar a poluição do solo);
8. A Camada de Ozônio e o Efeito Estufa;
9. As Alterações Climáticas;
10. A Chuva Ácida;
11. A Extinção das Espécies;
12. Glossário Ecológico
13. ECOlendário (índice de Datas Comemorativas relativas ao Meio Ambiente desenvolvido pelo ECOPOINT)

• Ecossistemas

Floresta Amazônica, Mata de Cocais, Restingas e Mangues, Mata Atlântica, Mata de Araucária, Campos, Cerrado, Pantanal e Caatinga (ênfase nesse ecossistema com desenvolvimento sobre a sua extensão, importância, características, biodiversidade etc.)

• Desenvolvimento Sustentável

1. Conceito;
2. Problematização (Economia x Cultura, Progresso para qualidade de vida com degradação da vida...é possível?)
3.Considerações gerais (conservação do meio ambiente, desenvolvimento social, crescimento econômico etc.)
4. O manejo sustentado dos recursos naturais para a conservação da biodiversidade.

• O Zoológico

1. Como se comportar no Zoológico;
2. A função do Zoológico e seus objetivos (Educação, Lazer, Pesquisa e Conservação da Biodiversidade);
3.O Zoológico que você não vê (extra, biotério, laboratório, o tratador, manejo de recintos e seus componentes etc.)
4. Enriquecimento Ambiental.

• Animais Silvestres do ECOPOINT (Zôo – aves, répteis e mamíferos)

Dados gerais, hábitos, descrições, ameaças, hábitat, alimentação, estratégias de conservação, taxonomia etc.

• Animais Domésticos do ECOPOINT (Fazendinha – Vivência Rural)

Dados gerais, hábitos, concentração, alimentação, resgate da Identidade Cultural etc.

• O Reino Animal

1. Características gerais dos animais;
2. Conceito de Zoologia;
3. Classificação (poríferos, celenterados, platelmintos, nematelmintos, anelídeos, artrópodes – insetos, crustáceos, aracnídeos, quilópodes - moluscos, equinodermos, cordados, vertebrados – peixes cartilaginosos e ósseos, anfíbios, répteis – quelônios, ofídios, lacertílios, crocodilianos e rincocéfalos - aves e mamíferos – cetáceos, proboscídeos, lagomorfos, sirênios, carnívoros, artiodáctilos, roedores, primatas, perissódactilos, quirópteros e desdentados).

• A Cadeia/Teia Alimentar

1. Conceito;
2. Autótrofos (produtores) e Heterótrofos (consumidores);
3. Decompositores;
4. Consumidores (herbívoros, carnívoros e omnívoros);
5. Características e ação da cadeia na manutenção do equilíbrio dinâmico da natureza.

• Os Recursos Hídricos

1. A Hidrosfera;
2. Qualidades da Água;
3. O Ciclo da Água;
4. Problematização (poluição, consumo e desperdício etc.)
5. Curiosidades;
6. Como preservar e usar racionalmente a água no dia-a-dia;
7. Legislação.

• As Plantas (Botânica)

1. A diversidade;
2. O Nascimento da planta (germinação)
3. Os órgãos de manutenção da vida (classificação, descrição, função, exemplos) e os de reprodução;
4. A alimentação (seiva bruta e elaborada);
5. A Fotossíntese (clorofila, respiração celular, fototropismo e geotropismo etc.);
6. A Polinização;
7. A Utilidade da Planta (na vida e saúde do homem, na indústria, no vestuário, na alimentação, na ornamentação etc.)
8. Dinâmicas e Vivências sobre a flora que podem ser aplicados no ECOPOINT;
9. O Trabalho no Horto – Projetos escolares (busca da integração e solidariedade, acompanhamento do crescimento da planta, a doação de alimentos, arborização de áreas públicas, a produção de mudas em troca de alimentos etc.)

• O Solo e a Agricultura

1. Conceito;
2. Origem (Crosta Terrestre – Solo e Subsolo);
3. Classificação (arenoso e argiloso – permeáveis e impermeáveis), constituição e características do Solo;
4. O Húmus;
5. A importância do Solo na Agricultura;
6. A Vida do Solo;
7. O Minhocário e a importância agronômica das minhocas;
8. O desmatamento e as queimadas;
9. A Erosão, salinização e a Desertificação;
10. A rotação de culturas e a monocultura;
11. Agricultura Orgânica x Agricultura Convencional;
12. A Ação dos fertilizantes e pesticidas na Agricultura (suas conseqüências na saúde do homem, dos animais e do solo - desmatamento pela monocultura e pecuária extensiva e produção de carvão, erosão, perda da biodiversidade e ameaça aos animais silvestres, poluição dos cursos d’água, poluição e compactação dos solos, perda da fertilidade do solo pelo pastoreio intensivo e queimadas, assoreamento dos rios etc.)
13. Detalhes da legislação sobre o emprego abusivo de agrotóxicos, uso de transgênicos etc.)
14. Como evitar a poluição e esterilização do solo; como evitar o desmatamento e as queimadas.

• O Lixo

1. Conceito;
2. Problematização (consumo, desperdício, o uso de descartáveis, destinação etc.)
3. A Matéria e seu Tempo de Decomposição;
4. O Chorume e a Lixiviação;
5. Classificação (doméstico, comercial, público, hospitalar, industrial, agrícola etc.);
6. A Coleta (tipos de coleta) e Destinação do Lixo;
7. A Coleta Seletiva;
8. Principais formas de tratamento e disposição do lixo urbano descrevendo-as e avaliando seus aspectos positivos e negativos de acordo com seu graus de impacticidade ambiental e custos (lixões, aterro controlado, aterro sanitário, aterro industrial, compostagem, incineração, reciclagem etc.);
9. A Filosofia dos 4 R’s (repensar, reduzir, reutilizar e reciclar)
10. A Compostagem (o lixo orgânico - restos de comida, excetuando a carne - e o inorgânico - metais, vidros, plásticos, papel, isopor etc – a contribuição da composteira na adubação orgânica;
11. A Reciclagem (descrevendo o processo como todo e suas particularidades de acordo com o tipo de material reciclado)
12. As novas atitude e habilidades que se espera do comportamento ecologizado.


• Energia Solar

1. A Célula Fotovoltaica;
2. Características e Descrição;
3. Vantagens e Desvantagens;
4. Utilidade mais comum;

• Energia Eólica

1. Características e Descrição;
2. Vantagens e Desvantagens;
3. O Cata-Vento d’água e Aerogerador;

• Energia Hídrica

1. Características e Descrição;
2. Vantagens e Desvantagens;
3. A Hidrelétrica;
4. O Moinho d’água e o Martelo d’água/Monjolo (energia mecânica).

• Energia Térmica, Geotérmica e Nuclear

1. Características e Descrição;
2. Vantagens e Desvantagens;

• O Biodigestor

1. Características, Conceito e Descrição;
2. A Biomassa
3. O Biogás como fonte de energia;
4. O Biofertilizante (estudos sobre as vantagens do seu uso na agricultura).

• O Universo e o nosso Sistema Solar

1. A Origem do Universo
2. Os corpos celestes: as estrelas, a galáxia, os planetas, os satélites naturais, as constelações etc.
3. A Terra: origem, a forma, os movimentos, as estações do ano, as camadas etc.

• O Índio

1. O resgate indígena como proposta da Educação Ambiental;
2. As etnias localizadas no Ceará (Pitaguary, Jenipapo-Kanindé, Tremembés, Tapebas, Kalabaças, Potiguaras, Tabajaras e os kanindés) com destaque das comunidades, área ocupadas e a população – Noções de Histórico);
3. O Lugar do Índio hoje (visão antropológica da manutenção da identidade cultural do índio perante a sociedade – a influência da Cultura Indígena na rotina do Cearense);
4. A Cultura e artefatos indígenas (a hierarquia, os membros das comunidades indígenas, o Torém, os costumes, a contribuição cultural: os pratos típicos, a linguagem etc.).

• A Arte-Educação (Ciclo de Palestras e Oficinas)

1. A Música e o Jogral;
2. A Contação de Histórias;
3. As Oficinas de Produção de Objetos Musicais de Material Descartável;
4. A Elaboração de Jornal Ecológico;
5. O Teatrinho;
6. Mostra de Exibição de Filmes com Temas Ambientais e discussão posterior.

• A Qualidade de Vida

1. Noções de higiene e comportamento e “ecologizado” (consumismo, desperdício, desprezo etc.)
2. Alimentação;
3. Hábitos de higiene corporal e ambiental;
4. Interação com o ambiente – Desenvolvimento da personalidade da criança.

• Temas da Atualidade

Tecnologia no Semi-árido (barragens subterrâneas), o Biodiesel, o Beneficiamento da Casca de Coco Verde, a Preservação dos biomas, as energias complementares, o Canal da Integração etc.


Obs1: Interessante se faz que todos os conteúdos apresentados tragam em seu bojo momentos de reflexão que induzam de alguma forma a ações concretas. 
Obs2: A criança deve sensibilizar-se e querer participar do processo assumindo o seu papel de sujeito em seu aprendizado.
Obs3: É sempre bom lembrar que nós devemos avaliar esse trabalho dentro da perspectiva de percepção do educando e não do educador, já que este é um orientador e facilitador do processo que deve ter duas vias: ensinar e aprender.
<voltar ao topo>

• Defina palavras e conceitos;
• Mostre a importância daquilo que você passa para ele;
• Estimule a reflexão
• Estimule a participação;
• Interesse-se em descobrir coisas novas;
• Faça junto com eles;
• Estimule-os a sair da sala de aula e aplicar em casa ou em seu ambiente aquilo que ele aprendeu;
• Estimule-o a não trabalhar sozinho;
• Forme líderes.